Exames

TESTE FRAGMENTAÇÃO DO DNA ESPERMÁTICO



É um exame que, associado ao Espermograma e à Capacitação Espermática Prognóstica, complementa a análise da saúde reprodutiva do homem. Esse teste avalia a porcentagem de espermatozoides com DNA fragmentado, presente na amostra seminal.

Taxas elevadas de fragmentação do DNA espermático podem interferir negativamente nos resultados da FIV. Esse fator pode provocar a diminuição das taxas de fertilização, do desenvolvimento embrionário, dos índices de gestação e também o aumento dos casos de abortos.

A fragmentação do DNA espermático é provocada por diversos fatores, que podem ser de origem interna (produção anormal de radicais livres, devido a estresse oxidativo) e externa (consumo excessivo de álcool, drogas, idade avançada, obesidade, aumento da temperatura testicular). A eliminação destes fatores pode influenciar de maneira positiva a integridade do DNA espermático. Porém, quando apenas essas medidas não são suficientes, o tratamento medicamentoso com antioxidantes, como vitamina C e E, poderá ajudar a reverter o quadro.